terça-feira, 18 de outubro de 2011

NOSSOS DIREITOS


NOSSOS DIREITOS

Repassem por favor!!!!!!!!!!!!!!!!
Queridos babalorisas e iyalorisas do estado de São Paulo, sua abenção.
Leiam
o projeto de lei que foi protocolado na Assembleia legislativa no dia
15 de outbro de 2011, pelo deputado Feliciano do PV, pedindo a criação
de uma lei em defesa da flora e fauna e contra o sacrificio de animais
em práticas de rituais religiosos.
Vamos nos defender escrevendo uma carta, de cada ile asé, de cada filho desanto,
de cada iniciado na religião de matriz africana nos seguintes termos:
1º)...nós não sacrificamos animais e sim abatemos para nosso proprio
consumo, utilizando certas partes desses animais para oferecer aos
Orisas, etc, etc...( VEJA EXEMPLOS DE SACRIFICIOS NA BIBLIA;
2º) A defesa da fauna não iclui os animais domesticos, as vezes criados nos nossos proprios quintais;
3º) a liberdade de culto esta assegurada na constituição federal e não seria uma lei estadual que a desvalidaria.
Vamos
entregar essas cartas em cada gabinete dos deputados de nosso estado,
para que eles saibam porque não devem aprovar a criação dessa lei, que
fere nosso direito alienável, enquanto cidadão e cidadã brasileiros.
VAMOS
ENTREGAR ESSAS CARTAS ATÉ O DIA 20 DE NOVEMBRO DE 2011, E PEDIR Á ZUMBI
DOS PALARES QUE SEJA O GUARDIÃO DE NOSSA HERANÇA ANCESTRAL...A RELIGIÃO
DE MATRIZ AFRICANA.
MOJUBA Á TODOS.

LEI PROÍBE SACRÍFICIO DE ANIMAIS EM SP
Diário Oficial do dia 15/10/2011

"PROJETO DE LEI Nº 992, DE 2011
Proíbe o uso e o sacrifício de animais em práticas de
rituais religiosos no Estado de São Paulo e dá outras
providências.
A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
DECRETA:
Artigo 1º - Fica proibido a utilização e/ou sacrifício de animais em práticas de rituais religiosos no Estado de São Paulo.
Artigo 2º - O descumprimento do disposto na presente Lei
ensejará ao infrator, a multa de 300 UFESP’s (Unidade Fiscal do
Estado de São Paulo) por infração, dobrando o valor para cada
reincidência.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
Vamos voltar a ser perseguidos como num passado remoto nós fomos perseguidos.

Nenhum comentário: